Publicado por: vanuzacolombo | 7 de fevereiro de 2013

Convidamos todos, para a Abertura da Campanha da Fraternidade 2013

CF2013

No próximo dia 13 de fevereiro, quarta-feira de Cinzas, haverá o lançamento de mais uma edição da Campanha da Fraternidade (CF), com o tema será “Fraternidade e Juventude” e o lema “Eis-me aqui, envia-me!” (Is 6,8).
O material para ser veiculado nas emissoras de rádio e TV de todo o país já está disponível no site da CNBB.

Link CNBB:

http://www.cnbb.org.br/site/publicacoes/documentos-para-downloads/cat_view/241-cf-campanha-da-fraternidade/458-cf-2013

O Grupo Nossa Senhora da Piedade em nome Pastoral de Casais em Segunda União, convida à todos os irmãos de fé a estarem conosco na Abertura da Campanha da Fraternidade na Paróquia Santa Tereza, no dia 09/02/2013 às 19:00 hs. 

Será uma alegria tê-los conosco!

Cristiane e Renato
Casal Coordenado

Anúncios
Publicado por: vanuzacolombo | 1 de janeiro de 2013

Pastoral de Casais em Segunda União – Ibitinga SP

Pastoral de Casais em  Segunda União

de Ibitinga-SP

Paróquia Matriz Santa Tereza

Pe. Moacir

CARTA – CONVITE

Prezados Casais em Segunda União Estável

Paz e Bem,

Assunto: Encontro Paroquial Evangelizador

Nossa Paróquia, por meio de sua Pastoral Familiar, Setor Pastoral de Casais em Segunda União, promoverá, no dia 11 de Fevereiro de 2013,  Encontro de Casais em Segunda União, no Salão Paroquial de nossa Matriz, com início às 20:00 horas e término previsto para às 21:00 horas.

Os objetivos do Encontro são:

1-     O acolhimento dos casais pela Igreja.

2-     O oferecimento de uma experiência de fé e vida comunitária.

3-     A formação de grupos, preferencialmente com o máximo de cinco casais, para sua inserção e participação na nossa comunidade paroquial.

A caminhada dos grupos é sempre acompanhada por um Casal Piloto, também em segunda união, já preparado para esta função de orientação e doação, dentro do que a condição de segunda união pode dentro da Palavra de Deus.

Em nossa secretaria também se encontra a FICHA DE INSCRIÇÃO, que poderá ser reproduzida na quantidade necessária para os casais interessados. Elas deverão ser preenchidas e devolvidas até 30 de Junho de 2013 na própria secretaria.

Publicado por: vanuzacolombo | 24 de maio de 2011

CARDEAL DE SÃO PAULO: “JOVENS, VAMOS A MADRID?”

10 mil brasileiros inscritos na JMJ até o momento

SÃO PAULO, terça-feira, 24 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Num momento em que se aproxima a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) – Madrid, 16 a 21 de agosto –, o arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Scherer, reforça aos jovens o convite a participar deste grande evento, que reunirá jovens de todas as partes do mundo.

Do Brasil, mais de 10 mil jovens já estão inscritos, além de 60 bispos e centenas de sacerdotes.

Em artigo da edição desta semana do jornal O São Paulo, Dom Odilo fala sobre o tema escolhido por Bento XVI para a JMJ de Madrid: “Arraigados e edificados em Cristo, firmes na fé” (cf Cl 2,7).

“O tema faz referência a uma passagem da Carta de São Paulo aos Colossenses, na qual o apóstolo, depois de falar das suas lutas e fadigas, como missionário do Evangelho, encoraja a comunidade, que recebe a carta, a ficar firme naquilo que aprendeu do Evangelho.”

‘Todos sejam encorajados, unidos no amor, para alcançar a riqueza do pleno entendimento e o conhecimento do mistério de Deus, que é Cristo. Nele estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento’, cita o arcebispo. E Paulo exorta que ninguém se deixe levar ‘por discursos enganadores’.

Segundo o arcebispo, a advertência de Paulo aos Colossenses tinha um motivo: “naquela comunidade cristã tinham se infiltrado falsos ‘pregadores’ e ‘mestres’, que apresentavam teorias esotéricas e da mitologia e cosmologia grega sobre diversas divindades e forças cósmicas a governar a vida dos homens…”

“Pretendiam também apresentar novas ‘revelações’ e novos ‘conhecimentos’ sobre Deus, ainda não manifestados… E os cristãos começavam a vacilar na fé.”

A toda hora – afirma Dom Odilo –, “esses ‘mestres’ aparecem também em nossos dias e levam consigo pouco firmes na fé. Ainda há poucos dias, fora do Brasil, alguém anunciava o dia e a hora exata do ‘fim do mundo’… Errou de novo! Já o próprio Jesus ensinou que ‘ninguém sabe o dia e a hora, mas somente Deus’; e advertiu contra os enganadores e falsos profetas. A lição ainda não foi aprendida!”

“O texto de São Paulo continua e pede que os cristãos, ‘tendo acolhido Cristo, continuem caminhando com ele’. De fato, não basta ter tido um encontro fugaz com ele e, depois, ir atrás de outros mestres, ou continuar pela vida afora como se Cristo nada significasse”, afirma o cardeal.

“‘Continuem caminhando com ele’, exorta Paulo, indicando que a vida cristã se expressa como ‘discipulado’, com Cristo, e nós em caminho, atrás dele.”

De acordo com o cardeal, São Paulo usa ainda outras expressões semelhantes para dizer a mesma coisa: Viver ‘com’ Cristo, ‘por’ Cristo, ‘em’ Cristo.

“Tudo isso coloca em evidência mais uma vez que a fé cristã, antes de ser adesão a um ensino e doutrina, é adesão firme a uma pessoa: a Jesus Cristo, Filho de Deus.”

O texto proposto pelo Papa para a JMJ toma como referência “estas indicações muito expressivas de São Paulo”: ‘Continuai enraizados nele, edificados sobre ele, firmes na fé, tal qual vos foi ensinada, transbordando em ação de graças. Que ninguém vos faça prisioneiros de teorias e conversas sem fundamento’ (Cl 2,7-8).

“Quantos se deixam desviar da fé cristã, com tanta facilidade, ‘por qualquer vento de doutrina’, como folhas levadas pelo vento, planta sem raiz, casa construída sobre a areia…”

Segundo Dom Odilo Scherer, a “feliz escolha do tema da Jornada vai proporcionar uma reflexão importante para jovens e não-jovens sobre a nossa ligação e relação constante com Cristo (‘enraizados’ nele)”.

Também “sobre o fundamento da nossa fé e vida cristã (‘edificados’ sobre ele); e sobre a necessária firmeza na fé, para não vacilar diante das mil dificuldades do caminho (‘firmes na fé, como vos foi ensinada’)”.

Publicado por: vanuzacolombo | 20 de maio de 2011

“DESCUBRA O SEU CAMINHO”: FEIRA VOCACIONAL DA JMJ

Participarão movimentos, organizações e instituições

MADRI, sexta-feira, 20 de maio de 2011 (ZENIT.org) – No parque do Retiro de Madri, será realizada em agosto, durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a tradicional feira vocacional, em que os movimentos, organizações e instituições da Igreja universal apresentarão suas diferentes abordagens, missões e carismas.

Na feira, no privilegiado espaço desse parque tão central e bem conectado, um dos principais pulmões da capital, serão instalados cerca de 80 stands – no Paseo de Coches, onde todos os anos se realiza a Feira do Livro -, nos quais estarão representadas as mais diversas ofertas vocacionais da Igreja.

A Exposição Vocacional 2011 visa a proporcionar aos participantes da JMJ o conhecimento de muitos dos caminhos vocacionais abertos na Igreja e incentivar nos jovens a busca do que Deus espera de cada um deles.

É também uma oportunidade para que as famílias religiosas, movimentos, associações de fiéis e demais instituições da Igreja em todo o mundo possam apresentar-se, por meio de pessoas que vivem esta vocação, às centenas de milhares de participantes da JMJ presentes em Madri.

Nesta Exposição Vocacional haverá representações de, entre outros, França, Noruega, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Bélgica, Guatemala, Chile e Peru.

Bento XVI, no último domingo, por ocasião do Dia Mundial de Oração pelas Vocações, disse: “Também hoje, quando a voz do Senhor corre o risco de se afogar no meio de muitas vozes, cada comunidade eclesial é chamada a promover e cuidar das vocações ao sacerdócio e à vida consagrada”.

“Os homens sempre têm necessidade de Deus, mesmo em nosso mundo tecnológico, e sempre haverá necessidade de pastores para anunciar a sua Palavra e promover o encontro com o Senhor nos sacramentos”, concluiu o Papa.

Nós, Bispos do Brasil em Assembleia Geral, nos dias 4 a 13 de maio, reunidos na casa da nossa Mãe, Nossa Senhora Aparecida, dirigimo-nos a todos os fiéis e pessoas de boa vontade para reafirmar o princípio da instituição familiar e esclarecer a respeito da união estável entre pessoas do mesmo sexo. Saudamos todas as famílias do nosso País e as encorajamos a viver fiel e alegremente a sua missão. Tão grande é a importância da família, que toda a sociedade tem nela a sua base vital. Por isso é possível fazer do mundo uma grande família.

A diferença sexual é originária e não mero produto de uma opção cultural. O matrimônio natural entre o homem e a mulher bem como a família monogâmica constituem um princípio fundamental do Direito Natural. As Sagradas Escrituras, por sua vez, revelam que Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança e os destinou a ser uma só carne (cf. Gn 1,27; 2,24). Assim, a família é o âmbito adequado para a plena realização humana, o desenvolvimento das diversas gerações e constitui o maior bem das pessoas.

As pessoas que sentem atração sexual exclusiva ou predominante pelo mesmo sexo são merecedoras de respeito e consideração. Repudiamos todo tipo de discriminação e violência que fere sua dignidade de pessoa humana (cf. Catecismo da Igreja Católica, nn. 2357-2358).

As uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo recebem agora em nosso País reconhecimento do Estado. Tais uniões não podem ser equiparadas à família, que se fundamenta no consentimento matrimonial, na complementaridade e na reciprocidade entre um homem e uma mulher, abertos à procriação e educação dos filhos. Equiparar as uniões entre pessoas do mesmo sexo à família descaracteriza a sua identidade e ameaça a estabilidade da mesma. É um fato real que a família é um recurso humano e social incomparável, além de ser também uma grande benfeitora da humanidade. Ela favorece a integração de todas as gerações, dá amparo aos doentes e idosos, socorre os desempregados e pessoas portadoras de deficiência. Portanto têm o direito de ser valorizada e protegida pelo Estado.

É atribuição do Congresso Nacional propor e votar leis, cabendo ao governo garanti-las. Preocupa-nos ver os poderes constituídos ultrapassarem os limites de sua competência, como aconteceu com a recente decisão do Supremo Tribunal Federal. Não é a primeira vez que no Brasil acontecem conflitos dessa natureza que comprometem a ética na política.

A instituição familiar corresponde ao desígnio de Deus e é tão fundamental para a pessoa que o Senhor elevou o Matrimônio à dignidade de Sacramento. Assim, motivados pelo Documento de Aparecida, propomo-nos a renovar o nosso empenho por uma Pastoral Familiar intensa e vigorosa.

Jesus Cristo Ressuscitado, fonte de Vida e Senhor da história, que nasceu, cresceu e viveu na Sagrada Família de Nazaré, pela intercessão da Virgem Maria e de São José, seu esposo, ilumine o povo brasileiro e seus governantes no compromisso pela promoção e defesa da família.

Aparecida (SP), 11 de maio de 2011

Dom Geraldo Lyrio Rocha
Presidente da CNBB
Arcebispo de Mariana – MG

Dom Luiz Soares Vieira
Vice Presidente da CNBB
Arcebispo de Manaus – AM

Dom Dimas Lara Barbosa
Secretário Geral da CNBB
Arcebispo nomeado para Campo Grande – MS

Publicado por: vanuzacolombo | 11 de maio de 2011

PAPA CONVIDA JOVENS A REDESCOBRIR O ROSÁRIO

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 11 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Bento XVI convidou hoje, durante a audiência geral na Praça de São Pedro, a se rezar mais o rosário, neste mês de maio.

Como é seu costume, após as saudações em diversos idiomas aos grupos presentes na audiência, o Papa dirigiu as últimas palavras aos jovens, enfermos e recém-casados.

Ele convidou a “intensificar a prática piedosa do Santo Rosário, especialmente neste mês de maio, dedicado à Mãe de Deus”.

O Papa convidou os jovens a “valorizar esta tradicional oração mariana, que ajuda a compreender melhor e a assimilar os momentos centrais da salvação realizada por Cristo”.

Aos enfermos, exortou que se dirijam “com confiança à Virgem Maria mediante este pio exercício, confiando a Ela todas as vossas necessidades”.

Os casados, ele chamou a “fazer da reza do Rosário em família um momento de crescimento espiritual sob o olhar da Virgem Maria”.

Publicado por: vanuzacolombo | 11 de maio de 2011

NASCE RÁDIO OFICIAL DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

Apelo a jovens e famílias de Madri para colaborar no evento

MADRI, quarta-feira, 11 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Pouco mais de 90 dias antes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o diretor-executivo, Yago de la Cierva, fez ontem um balanço dos preparativos para o grande encontro de 2011. Pela primeira vez, haverá uma rádio oficial da JMJ com Bento XVI em agosto, em Madri.

Segundo o diretor executivo da Jornada Mundial da Juventude, as prioridades da organização, atualmente, são muito diferentes. Ele pediu aos jovens que, quem for se escrever, faça-o o mais cedo possível, a fim de que se possa atender melhor e programar a rede de serviços necessários para acomodar tantas pessoas que participarão do evento. Voluntários também são necessários, especialmente de Madri, e que muitas famílias da cidade se disponibilizem para acolher em suas casas os jovens da JMJ.

Um projeto que merece ser destacado é o unomasuno.org. Trata-se de uma iniciativa que surgiu com o desejo de fazer uma proposta aos estudantes universitários. “Que mensagem podemos propor a partir da JMJ? A solidariedade”, explicou Fernando Sols, responsável pelos voluntários na área da comunicação.

“Em universidades de toda a Espanha, os voluntários da JMJ assumiram o slogan: ‘Faça um ato de solidariedade, um só dia’, e a resposta tem sido muito positiva”, acrescentou Sols. Segundo dados da organização, esta mensagem foi transmitida a 20 mil universitários, dos quais cerca de 5 mil já participaram de atividades solidárias com ONGs espanholas.

“Rádio JMJ” e “Madrid 11 TV”

Os peregrinos que chegarem a Madri poderão ser informados, em diversas línguas, através da “Rádio JMJ” (radio.madrid11.com), um projeto em parceria com a “Radio María” e a “Radio Universidad de Navarra”.

“Pela primeira vez, temos uma estação de rádio oficial da JMJ. A emissora é concebida como um serviço aos peregrinos, como o meio mais simples e econômico para orientar todos com informações úteis e poder acompanhar as atividades”, explicou Esteban Munilla, diretor da “Radio María”.

Os princípios que regem a “Rádio JMJ” são: profissionalismo, espírito de serviço e espírito jovem, próprio da JMJ, disseram os organizadores.

A “Radio María” trabalha fornecendo suas instalações e suas frequências (96,9 FM e 90,7 FM). A Universidade de Navarra oferecerá profissionais e voluntários.

Além da rádio, haverá uma WebTV (tv.madrid11.com), especialmente concebida para que todos aqueles jovens que não puderam ir Madri possam acompanhar a JMJ detalhadamente.

“A emissão terá seis horas diárias de programação, a partir do dia 16 de agosto, incluindo os atos presididos pelo Papa e as principais catequeses e atividades culturais. Estes programas serão transmitidos novamente à noite, para audiências na Ásia e na América”, disse Loreto Corredoira, da “Madrid 11 TV”.

Para saber mais sobre projetos relacionados à JMJ: www.oficinadeprensajmj2011.com.

Publicado por: vanuzacolombo | 10 de maio de 2011

8 MIL PESSOAS COMEMORARAM CONTAGEM REGRESSIVA DA JMJ

Estrearam apresentadores, orquestra e grupos musicais

MADRI, terça-feira, 10 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Cem dias antes do início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), foi realizado nesse domingo, em Madri, um encontro para agradecer a colaboração de milhares de famílias e voluntários que trabalham na preparação do evento, do qual o Papa Bento XVI participará na capital espanhola, encontrando-se com milhares de jovens do mundo inteiro.

Durante o encontro, do qual participaram mais de 8 mil pessoas, houve momentos de oração e de festa. Às 12h, começou a Missa presidida pelo cardeal arcebispo de Madri, Antonio María Rouco Varela.

Em sua mensagem para esta “reta final”, ele disse que “a JMJ é um grande dom e uma enorme responsabilidade”, razão pela qual é urgente o compromisso generoso, para que este encontro seja para muitos uma ocasião de “profundo e autêntico encontro com Jesus Cristo”.

O encontro foi transmitido pela 13TV, acompanhado de um programa especial sobre o evento deste ano, intitulado “A 100 dias da JMJ” e apresentado pela conhecida jornalista televisiva Inmaculada Galván e por Rafael Barrio.

O Papa Bento XVI enviou uma mensagem aos participantes, na qual os convidou a “intensificar a oração pelos frutos da JMJ” e a que seu trabalho impulsione “a evangelização das novas gerações, que se espera com entusiasmo a partir deste importante acontecimento eclesial”.

Um dos marcos do dia foi a estreia da equipe de apresentadores que conduzirão os principais atos durante a Jornada. Alem disso, após semanas de ensaios, o coral e a orquestra da JMJ se apresentaram pela primeira vez, em um ato público multitudinário.

O diretor da orquestra, Borja Quintás, disse: “Este é um projeto único, no qual se une a alegria de tocar para o Papa e para milhares de jovens vindos do mundo inteiro, e no qual muitos jovens colocam à disposição seu talento musical e seu trabalho”.

Para esta ocasião, foram interpretadas três peças musicais de compositores espanhóis e russos. “Foi um mês e meio muito intenso de ensaios, mas valeu a pena”, disse Marisol, uma das componentes do coral.

“Eu venho de Tarragona todo sábado para ensaiar, mas não sou o único. Fiquei sabendo através de Spodtify, e disse ‘eu quero ser voluntário’, com o melhor que sei fazer: a música”, declarou, por sua vez, Lluis, um dos integrantes da orquestra.

Ao longo do encontro houve momentos festivos. Entre eles, destacou-se a apresentação de La Voz del Desierto y David de María, bem como do grupo pop espanhol Melocos.

“Esta é uma oportunidade que os jovens não podem perder”, disse Jaime, o principal componente do grupo. Por sua vez, Gonzalo, outro dos integrantes, fez este convite aos jovens: “Venha e participe, depois você me conta”.

Até este momento, 340 mil pessoas se inscreveram na JMJ, procedentes de 170 países.

Publicado por: vanuzacolombo | 9 de maio de 2011

EUA: SACERDOTES CADA VEZ MAIS JOVENS

21% de participação na JMJ antes de entrar no Seminário

WASHINGTON, D.C., segunda-feira, 9 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Mais da metade das ordenações nos EUA, em 2011, é de jovens com idades compreendidas entre 25 e 34 anos, o que demonstra que há uma forte tendência entre os homens jovens a se tornarem sacerdotes.

A Conferência Episcopal dos EUA publicou as estatísticas deste ano. As ordenações de sacerdotes jovens crescem pelo quinto ano consecutivo.

333 ordenando foram entrevistados, de um total de 480, que foram ordenados em suas dioceses ou para ordens religiosas durante este ano.

O Centro de Pesquisa Aplicada no Apostolado (CARA, sigla em inglês), da Universidade de Georgetown, que realizou a pesquisa, destaca que 69% se consideram descendentes de europeus, caucasianos e americanos, enquanto que 15% são hispânicos, e 10%, asiáticos e das ilhas do Pacífico.

A maioria é católica desde a infância. 8% entraram na Igreja mais tarde. Cerca de um terço dos que se ordenaram tem um parente sacerdote ou religioso. Mais da metade tem mais de dois irmãos; um quarto tem cinco ou mais irmãos.

O relatório também destaca que 21% dos que se ordenaram participaram da Jornada Mundial da Juventude antes de entrar no Seminário.

Oração

A isso se acrescenta que 70% do total é assíduo na oração regular do Rosário, e 65% participavam da Adoração Eucarística antes de entrar no Seminário.

A média de idade na qual os pesquisados começaram a sentir sua vocação é 16 anos. Para 66%, foi um sacerdote quem alentou a considerar o sacerdócio.

71% contaram ter sido estimulados em seu discernimento vocacional por um amigo, padre, avô, parente ou fiel da paróquia, enquanto que a metade também informou ter sido desanimado por alguém.

Os passatempos ou atividades extracurriculares mais habituais são: música (73%), leitura (67%), cinema (62%), futebol (41%).

O grupo deste ano inclui um homem surdo de nascimento, vários refugiados provenientes do Vietnã, veteranos militares e ministros convertidos de outras religiões.


Publicado por: vanuzacolombo | 9 de maio de 2011

CEM DIAS PARA JMJ: CARDEAL ROUCO LANÇA RETA FINAL

“Estamos às portas de um novo Pentecostes”

MADRI, segunda-feira, 9 de maio de 2011 (ZENIT.org) – A 100 dias da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o arcebispo da diocese que a acolherá, cardeal Antonio Maria Rouco Varela, não hesita em predizer que este evento se converterá em um novo Pentecostes.

Ele expressa isso na carta publicada ontem, na qual lança a “reta final” para a preparação deste evento, que será realizado de 16 a 21 de agosto.

Desde que o Santo Padre anunciou, em 3 de julho de 2008, em Sydney, que Madri seria a seguinte sede do encontro mundial de jovens, afirma, “não deixamos de nos preparar e dispor, espiritual e pastoralmente, para que a JMJ de Madri com o Santo Padre (…) volte a ser a ocasião providencial para um profundo, autêntico e alegre encontro com Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador”.

Este encontro, acrescenta, “convida os jovens em sua Igreja, para que suas vidas, muitas vezes murchas e destruídas e, outras, frescas e vigorosas, se enraízem e edifiquem n’Ele, o único que pode oferecer-lhes a verdade, a esperança e o amor; o único que pode mostrar-lhes a boa direção e acompanhá-los no caminho que os leva  à autêntica e duradoura felicidade, muito além da morte!”.

“A Igreja particular de Madri, encarregada pelo Papa da organização deste magno acontecimento eclesial – sem dúvida, o mais excepcional de toda a sua história -, é receptora simultaneamente de um dom singular e de uma responsabilidade pastoral sem precedentes, confiada pelo pastor da Igreja universal para o grande e atual objetivo da nova evangelização dos jovens do terceiro milênio.”

Reta final

A reta final da preparação para a próxima JMJ, explica, “já está aqui. É a iminência do que será uma nova, bela e fecunda hora da graça e do Espírito para a Igreja e para os seus jovens. Mais ainda: a certeza de que nos encontramos às portas de um novo Pentecostes, que renovará seus corações e seus projetos de vida com um forte amor a Jesus Cristo, nos é apresentada com uma evidência pastoral inevitável. É urgente responder: uma resposta pessoal e comunitária”.

Older Posts »

Categorias